Quarta-feira, 20 de Junho de 2012
A entrevista de Jorge Jesus ao jornal Record
por Filipe Boto Machado, Qua 20/Jun/12

Para mim, ler a entrevista de Jorge Jesus ao Record foi um susto. Que raio de treinador é este? A forma como comenta eventuais futuras contratações nos jornais (Salvio, Rojo e De Jong), dispensa jogadores (Saviola já nem entra nos avançados que tem disponíveis) e diz quais os emprestados que servem e não servem (diz que Roderick regressa, mas nem uma palavra sobre Sidnei em quem o Benfica investiu €7M) não é normal para um treinador do Benfica. Chama-se a isto gerir temas sensíveis que valem milhões com toda a leviandade do Mundo. Será que ninguém lhe pode explicar como não se fazem as coisas? No entanto, o que mais chocou foram as declarações acerca da definição de objetivos da última época e da que aí vem. Jorge Jesus admite que julgou ter equipa para ganhar Liga Portuguesa e Champions. O mesmo Jorge Jesus diz que, se soubesse o que sabe hoje, tinha apostado no campeonato como fez na primeira época (quando, segundo ele, poupou jogadores na Liga Europa) porque é isso que os adeptos do Benfica querem ganhar. Diz ele que julgava que, como o Benfica não chegava longe numa competição europeia há muitos anos (recordo que com Ronald Koeman, em 05/06, fomos tão longe quanto esta época, i.e., até aos quartos-final onde perdemos com o Barcelona de Ronaldinho, então futuro campeão europeu), os adeptos davam mais importância ao Benfica chegar onde chegou na Champions do que uma vitória no campeonato. Segundo Jorge Jesus, afinal não é assim, por isso devia ter seguido outro caminho (para manter o emprego). Assim, conclui, para o ano vai apostar tudo da Liga porque para vencer nas duas tem de jogar com duas equipas diferentes em cada competição.

 

Em primeiro lugar, parece que no Benfica quem define objetivos é Jorge Jesus e, ainda por cima, semana a semana, conforme vai sentindo o pulso aos adeptos. Em segundo lugar, o treinador que, pela terceira vez em três épocas, não rodou o plantel é o mesmo que acreditava ser possível ganhar tudo. Em terceiro lugar, um treinador pago ao nível dos melhores do Mundo ainda anda a aprender como se deve gerir um plantel em duas competições ao mesmo tempo (como se fosse novo e estivesse no clube certo para aprender a pouco e pouco como se fazem as coisas). Em quarto lugar, Jorge Jesus consegue acreditar que os adeptos do Benfica preferem chegar aos quartos-final da Champions do que serem campeões (não conhece o clube que treina?) e por isso não apostou no campeonato em detrimento da Champions. Em quinto lugar, JJ continua a tentar passar a mensagem que há duas épocas decidiu vencer a Liga Portuguesa e desistir da Liga Europa porque poupou jogadores na eliminatória contra o Liverpool. Uma mentira dita muitas vezes não passará a ser uma verdade. Os mais atentos sabem que ninguém foi poupado na eliminatória frente ao Liverpool (http://www.zerozero.pt/jogo.php?id=1211883; http://www.maisfutebol.iol.pt/jogo/79062).

gloriosamente escrito por Filipe Boto Machado
link do post | chutar para golo
5 comentários:
Entrevista deprimente e verdadeiramente vergonhosa.... Boa análise.

deixado em 20/6/12 às 20:51
responder a comentário

João Santos
Existem aqui algumas coisas que não concordo.

A primeira e que para mim é dita de má fé tem a ver com o querer ir longe na liga dos campeões ou lutar pelo campeonato. Jesus diz claramente que queria ir mais longe (final) e não os quartos. O que Jesus diz é que pensou que os adeptos iam gostar mais de ganhar uma champions do que um campeonato. Se quisesse apenas os quartos tinham jogado os menos utilizados ou como ele frisou tinha dado mais dias de descanso entre liga dos campeões e campeonato do que entre campeonato e liga dos campeões.

E isto vem de encontro ao segundo reparo. O Benfica não preferiu o campeonato à Liga Europa em 2010 devido aos jogadores que utilizou. Ainda assim poupou os 2 laterais na segunda mão. Mas o que realmente demonstrou que o Benfica abdicou da Liga Europa foi ter escolhido jogar na figueira a uma segunda depois do jogo da primeira mão numa quinta. Assim descansou 3 dias tendo de se deslocar de Lisboa para a Figueira, enquanto do jogo da figueira para a segunda mão descansou 2 tendo ainda as viagens da figueira para Lisboa e de Lisboa para Liverpool.

Quanto à forma como falou do plantel excedeu-se num ou outro caso e noutros não disse nada de novo.

Mas o que a mim me faz mais confusão nesta entrevista é o Benfica deixar que o Record a faça. Um jornal que tão mal tem tratado o nosso clube e continua a tratar.

deixado em 20/6/12 às 21:08
responder a comentário

Bicadas
Tens razão na parte dos deslizes acerca dos jogadores contratados/a contratar.

Já no que respeita à eliminatória com o Liverpool, desculpa lá mas não tens razão nenhuma. O Benfica foi, mais uma vez, vítima dos orgãos dirigentes do futebol português, que pura e simplesmente nos impediu de passar a eliminatória ao impedir-nos de jogar no domingo de páscoa. Assim, tivemos que jogar na Figueira da Foz contra a Naval na segunda-feira, tendo o jogo da segunda mão na quinta-feira, isto enquanto o Liverpool jogou no sábado e poupou 7 titulares...

Ou seja, JJ deu total prioridade ao campeonato e fez muito bem, já que um campeonato não se compara a uma liga europa. No entanto eu não percebo a maioria dos adeptos do Benfica, que este ano diziam que os jogos com o Chelsea deviam ser encarados como treinos... jogos da Liga dos Campeões!!! Devo ser um benfiquista de segunda...

Cumprimentos

deixado em 20/6/12 às 21:26
responder a comentário

CP
É realmente deprimente assistir às constantes masturbações do ego que o JJ faz.
O que a mim mais me preocupa é mesmo esse facto de que é o JJ que vai decidindo os objectivos consuante a sua sensibilidade ou vontade. parece-me demasiado amador para o deve ser o nossso clube.
O homem delira quando diz que achava que podiamos ganhar a champions no ano passado. foca-se demasiado nos activos que valoriza e desvaloriza completamente os fracassos que são de sua direta responsabilidade. falta-lhe humildade e capacidade critica a meu ver.
Para quem diz que pôs o SLB a jogar futebol respondo que isso é o minimo exigivel a um treinador do glorioso, não pode ser visto como a maior façanha do mundo.
As duas ultimas épocas foram más demais para se partir sempre do "estamos no bom caminho". uma equipa que na reta final do campeonato passa de 6 pontos de vantagem para ficar a 6 de desvantagem é uma equipa a quem tem de ser apuradas responsabilidades. não é a perda de um campeonato competitivo, é uma ofensa aos benfiquistas e à competência. e o JJ continua com o paleio de sempre. uma lástima acho eu.
Tudo tem um ciclo e o do JJ já devia ter acabado com beneficio para todas as partes. o SLB tem o defeito de viver agarrado ao passado e isso impede muitas vezes de analisar o presente com vista a conquistar o futuro.
Não obstante esta minha critica, é obvio que assim que começar a época só tenho um clube e um treinador por quem sofro e grito sempre.

deixado em 21/6/12 às 08:42
responder a comentário | discussão

Completamente de acordo.

Não entendo a excessiva valorização do que JJ conquistou na primeira época. Jogámos bem e vencemos o campeonato, mas seria expectável outra coisa com aquele plantel? Recordo o onze-tipo dessa época: Quim; Maxi, Luisão, Davida Luiz, Coentrão; Javi, Ramires, Di María, Aimar; Saviola e Cardozo. Para mim, ser campeão com esta equipa era o mínimo exigível. Se há coisa que nos distingue dos nossos adeptos adversários é a constante insatisfação e a sede de vitória (aquilo a que eles chamam arrogância). A conversa da memória curta não me convence. Vencer um campeonato não pode ser motivo para poder perder dois ou três a seguir da forma que foram perdidos os últimos dois campeonatos.

No entanto, tal como o CP, estarei com o JJ, com o Emerson e com todos os perna-de-pau que ele colocar em campo quando os jogos começarem. Posso achar que não é treinador para o Benfica, mas vou torcer sempre pelo Benfica, ficar contente com as vitórias e apoiar a equipa toda quando for à Luz. Tudo o que na próxima época é que ele tenha muito sucesso. No entanto, isto não quer dizer que pense que está tudo bem.

deixado em 28/6/12 às 18:19
responder a comentário | início da discussão

Comentar post

Os Gloriosos
Últ. comentários
Comigo foi aqui mais pertinho! Estavamos em Agosto...
Comigo, foi em Los Angeles. Pergunta habitual do m...
Há 28 anos, estava eu no metro em Budapeste quando...
Sou sócio do Benfica e o Benfica é a minha associa...
A fase "Rui Vitória" há-de ter melhores dias. Já t...
BLOGCOUNTER
Pesquisar
 
Posts recentes

Muy grandioso

Futebol dos anos 80

Jogos que não se esquecem

1988: Benfica a preto-e-b...

Inferioridade numérica

Arquivo

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Outubro 2008

Ligações
Mais comentados
20 comentários
19 comentários
16 comentários
16 comentários
Tags

a noite do oscar(1)

a um quinto do preço a que foi vendido o(1)

acidente(1)

adeptos(1)

aimar(3)

aimar; ópera; mozart; flauta mágica;(1)

alá é grande(1)

álvaro(1)

andrades(3)

andré almeida(1)

andré gomes(5)

aniversário(1)

anti-adepto(1)

antifa(1)

arbitragem(6)

assim se vê a grandeza do slb(1)

atletismo(2)

barcelona(1)

basquetebol(1)

benfica(56)

benfica tv(1)

benfica-porto(3)

benficácia(1)

bento(3)

bernardo silva(1)

biografia(1)

bloqueio(1)

bruno alves(1)

cada religião tem a sua catedral(19)

calimero(4)

campeão(2)

capdevila(2)

cardozo(7)

carlos manuel(2)

carrega(1)

carrega benfica(3)

carrega benfica; nós só queremos benfica(1)

carregabenfica(5)

chalana(2)

chalana e aimar(1)

chama imensa(1)

champions league(1)

chapa 4(1)

chorem menos(1)

classe(1)

clássico(1)

classico(1)

clube satélite(1)

confiança(1)

contratações(15)

corram mais(1)

corrupção(1)

cortez(1)

crime organizado(1)

cultura benfiquista(1)

d. eusébio(1)

djaló(2)

eleições(4)

eusébio(2)

fcporto(3)

fruta(6)

fruta e café com leite(5)

funes mori(2)

futebol(2)

futsal(7)

gaitan(5)

garay(2)

glorioso(9)

hóquei em patins(2)

ivan cavaleiro(3)

jj(7)

jorge jesus(23)

josé veiga(2)

lfv(6)

liga(6)

liga dos campeões(14)

luís filipe vieira(9)

luisão(2)

matic(3)

melgarejo(2)

mercado de transferências(3)

modalidades(3)

nelson oliveira(15)

olivedesportos(3)

pedro proença(3)

plantel(2)

portugal(2)

povo(2)

proença(3)

rangel(2)

razões para ser do benfica(5)

rodrigo(6)

rui costa(4)

selecção(2)

somos grandes(3)

sporting(10)

ucl(2)

ultras(4)

vai-te embora que não deixas saudades(5)

yannick djaló(2)

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever feeds