Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2012
O Benfica de cada um
por Bruno Vieira Amaral, Qui 02/Fev/12

Cada um tem o seu Benfica. E o Benfica de cada um é o Benfica com que cada um sonha, mais do que o Benfica que cada um merece. Eu tenho o meu Benfica. O Benfica que, andava eu na 2ª classe, me obrigou a fugir da escola para ver um obscuro jogo da Taça das Taças contra o Dukla de Praga. Perdemos um a zero e fomos eliminados. Até hoje lembro-me das palavras do narrador do jogo: “uma perdida infantil de Nunes.” E continuei a ser do Benfica. Continuei a ser do Benfica mesmo após aquela noite em que as chuteiras dos nossos jogadores ganharam vida e em que o Veloso não soube domar a dele, mesmo após o enxovalho de ver o Porto a ganhar cinco a zero no Estádio da Luz, mesmo após a tragédia de Vigo e outras catástrofes menores às mãos de corsos e restante pirataria, mesmo após o cabrão do Sensini me ter deixado à beira de um ataque cardíaco ao marcar o golo que nos impediu de atingir mais uma final europeia, mesmo após os anos desérticos passados no Vale da morte continuei a ser do Benfica. Em todos esses momentos fúnebres e dolorosos vi sempre a Luz ao fundo do túnel (de amarelo-Prosegur e não de amarelo-girassol): uma cueca do Miccoli a um pobre defesa do Beira-Mar, uma rabona do Aimar a isolar o Suazo, a única finta do Cardozo, os cruzamentos do Vítor Paneira, a epilepsia genial do Poborsky, aqueles três golos do João Pinto, uma vitória em Anfield para silenciar os melhores adeptos do mundo, a alegria de ver Claudio Paul Caniggia a vestir a camisola do Benfica, o Rui Costa, o Preud’Homme. Este é o meu Benfica, o Benfica capaz de me entristecer quando tudo me corre bem, o Benfica capaz de me animar quando tudo me corre mal. Somos todos do Benfica, é verdade, mas um amor assim não admite partilhas; é egoísta, não é gregário. Estar num blogue colectivo de apoio ao Benfica é uma contradição. Só que este não é um blogue colectivo. É um blogue individual com vários benfiquistas e, como eu escrevi no início, cada um tem o seu Benfica. O meu Benfica é um conjunto de fragmentos esparsos que colo à minha maneira. É uma ideia individual, única, irredutível e que, quando por acaso se junta às outras ideias individuais, únicas e irredutíveis (no estádio, no táxi de outro benfiquista ou num blogue) cria uma ilusão de transcendência colectiva consagrada no E Pluribus Unum que não passa disso, de uma ilusão, bela, extática e fugaz, como são todas as ilusões. Por isso, um benfiquista pode (e deve) amar o Benfica e desprezar todos os outros benfiquistas. Porque aquilo que ele ama é apenas seu, é um mistério inacessível aos outros. Não se pode medir e, como tal, não se pode comparar a intensidade da fé. Dois crentes não discutem sobre qual dos dois acredita mais em Deus. Podem discutir quem é que vai mais vezes à igreja, quem é que pratica mais boas acções, mas nenhum se atreve a dizer que acredita mais do que o outro. Assim é com os benfiquistas. Podem amar o mesmo clube mas, lá no fundo, são aconchegados pela certeza de que o clube que amam é só deles. Eu não amo o Benfica (essa entidade mística e impessoal). Eu não amo o nosso Benfica (coisa que não existe e que, se existisse, eu abominaria). Eu amo o meu Benfica.

gloriosamente escrito por Bruno Vieira Amaral
link do post | chutar para golo
5 comentários:
Excelente Bruno. Mas não estarás a ser atraiçoado pela memória? Quando dizes «uma cueca do Miccoli a um pobre defesa do Beira-Mar» não te estás a referir a isto: http://www.youtube.com/watch?v=uwNMvgrRxoU ?


deixado em 2/2/12 às 22:48
responder a comentário

Maria
Brilhante post!
Obrigada.

deixado em 2/2/12 às 23:37
responder a comentário

é isso, Lourenço. Tinha na ideia que a finta incluía uma cueca como bónus.

Abraço

deixado em 3/2/12 às 08:24
responder a comentário

Rafael Ortega
"a única finta do Cardozo"

Não seja assim com o homem. Quando o Benfica joga com o Sporting ele farta-se de fintar defesas.

deixado em 3/2/12 às 23:33
responder a comentário

Rui Xaruto
Grande, Bruno! Muito bom. Um abraço benfiquista e muitos parabéns.

deixado em 5/2/12 às 23:40
responder a comentário

Comentar post

Os Gloriosos
Últ. comentários
Comigo foi aqui mais pertinho! Estavamos em Agosto...
Comigo, foi em Los Angeles. Pergunta habitual do m...
Há 28 anos, estava eu no metro em Budapeste quando...
Sou sócio do Benfica e o Benfica é a minha associa...
A fase "Rui Vitória" há-de ter melhores dias. Já t...
BLOGCOUNTER
Pesquisar
 
Posts recentes

Muy grandioso

Futebol dos anos 80

Jogos que não se esquecem

1988: Benfica a preto-e-b...

Inferioridade numérica

Arquivo

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Outubro 2008

Ligações
Mais comentados
20 comentários
19 comentários
16 comentários
16 comentários
Tags

a noite do oscar(1)

a um quinto do preço a que foi vendido o(1)

acidente(1)

adeptos(1)

aimar(3)

aimar; ópera; mozart; flauta mágica;(1)

alá é grande(1)

álvaro(1)

andrades(3)

andré almeida(1)

andré gomes(5)

aniversário(1)

anti-adepto(1)

antifa(1)

arbitragem(6)

assim se vê a grandeza do slb(1)

atletismo(2)

barcelona(1)

basquetebol(1)

benfica(56)

benfica tv(1)

benfica-porto(3)

benficácia(1)

bento(3)

bernardo silva(1)

biografia(1)

bloqueio(1)

bruno alves(1)

cada religião tem a sua catedral(19)

calimero(4)

campeão(2)

capdevila(2)

cardozo(7)

carlos manuel(2)

carrega(1)

carrega benfica(3)

carrega benfica; nós só queremos benfica(1)

carregabenfica(5)

chalana(2)

chalana e aimar(1)

chama imensa(1)

champions league(1)

chapa 4(1)

chorem menos(1)

classe(1)

clássico(1)

classico(1)

clube satélite(1)

confiança(1)

contratações(15)

corram mais(1)

corrupção(1)

cortez(1)

crime organizado(1)

cultura benfiquista(1)

d. eusébio(1)

djaló(2)

eleições(4)

eusébio(2)

fcporto(3)

fruta(6)

fruta e café com leite(5)

funes mori(2)

futebol(2)

futsal(7)

gaitan(5)

garay(2)

glorioso(9)

hóquei em patins(2)

ivan cavaleiro(3)

jj(7)

jorge jesus(23)

josé veiga(2)

lfv(6)

liga(6)

liga dos campeões(14)

luís filipe vieira(9)

luisão(2)

matic(3)

melgarejo(2)

mercado de transferências(3)

modalidades(3)

nelson oliveira(15)

olivedesportos(3)

pedro proença(3)

plantel(2)

portugal(2)

povo(2)

proença(3)

rangel(2)

razões para ser do benfica(5)

rodrigo(6)

rui costa(4)

selecção(2)

somos grandes(3)

sporting(10)

ucl(2)

ultras(4)

vai-te embora que não deixas saudades(5)

yannick djaló(2)

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever feeds