Domingo, 23 de Setembro de 2012
Nós e o Xistra
por Filipe Boto Machado, Dom 23/Set/12

Acabámos de empatar 2-2 com a Académica em Coimbra. Os dois golos da Académica foram marcados através de grandes penalidades inexistentes. Na primeira há falta, mas fora da área. Na segunda nem falta há. A primeira grande penalidade assinalada podia ter-se tratado de um erro de avaliação. Já se sabe que Carlos Xistra não nasceu para isto ou, pelo menos, não nasceu para faze-lo como deve ser, de acordo com as leis do jogo. No entanto, a segunda grande penalidade cheirou muito mal. Helder Cabral vai lançado e naquele momento julgo que qualquer benfiquista temeu que ele caísse na área, pois, tivesse ou não a queda tido origem em alguma acção de um defensor do Benfica, já se sabia que o resultado final seria uma grande penalidade. Assim foi. Xistra conseguiu ver falta onde não houve mais do que um mergulho descarado. Segunda grande penalidade mal assinalada e assim se fabricaram os dois golos da Académica.

No entanto, não ganhámos também por culpa própria. Como já sabemos há alguns anos, temos que ser muito melhores do que o adversário para sermos campeões. Hoje não fomos suficientemente melhores para ultrapassar a Académica mais o Xistra e tivemos algum azar com os postes. Faltou-nos, acima de tudo, continuidade e intensidade no jogo. O problema esteve no centro do meio campo. Por vezes passámos demasiado tempo a ver jogar, faltou ao Benfica quem colocasse agressividade naquela zona do campo e saísse a jogar com facilidade. Talvez com o tempo, mais entrosamento, outros jogadores (Martins ou Aimar) e até mais jogadores (talvez, nesta fase de maior fragilidade e menor entrosamento, três jogadores no meio fosse mais aconselhável do que jogar apenas com dois), o processo possa melhorar e o Benfica supere as perdas que teve. Era evidente que perder Javi e Witsel não poderia ser indiferente, principalmente quando nos faltam jogadores semelhantes no plantel em termos de características. Lidar com essa perda de jogadores influentes e um artista do apito mostrou ser demasiado e por isso perdemos dois pontos.

 

PS: JJ está a encontrar uma forma original de utilizar a quantidade de extremos que tem ao seu dispor. Temos um extremo adaptado a lateral, Melgarejo, outro adaptado a posição 8, Enzo Pérez, e nas alas vamos fazendo rotação dos extremos de que dispomos (em Glasgow jogou Gaitán e Salvio, hoje começámos com Bruno César e Salvio, tendo ao intervalo Nolito substituindo o brasileiro). Nestas contas não entra Ola John, por enquanto desaparecido e aguardando a estreia em provas oficiais.

gloriosamente escrito por Filipe Boto Machado
link do post | chutar para golo
5 comentários:
Pedro G.
Antigamente, a estratégia do clube da fruta era simples: os árbitros roubavam o Benfica às claras. Mas depois do Apito Dourado os roubos são muito mais bem escondidos: roubar às claras contra o Benfica mas depois não assinalar faltas contra o Benfica a meio-campo, para no fim a imprensa dizer que ele foi globalmente incompetente e prejudicou igualmente as duas equipas. "Igualmente" o tanas! Quando não marcam penaltis contra o Benfica, param continuamente o jogo e marcam faltas que não existem a meio-campo para interromper o ritmo de jogo do Benfica, como se isso fosse menos roubar do que é marcar penaltis inexistentes! Para mim a verdade é só esta: ao Benfica não basta ser melhor que os adversários para ser campeão; tem de ser muito superior senão perderá sempre pontos aqui e ali graças aos "enviados da fruta". Tenho dito!

deixado em 24/9/12 às 00:35
responder a comentário

António Nunes
Não há muito a dizer: o Xistra viu mal nos dois penaltis. Houve um atraso ao guarda-redes e uma mãozinha na bola na grande área.
No entanto, para mim o erro mais clamoroso não foi o do Xistra, mas sim o fora de jogo não assinalado pelo auxiliar ao Marinho. Se dúvidas houvesse, esse lance confirma que os árbitros em Portugal não são profissionais, mas ganham muito bem se agradarem ao dono!
O Benfica tem o futebol mais bonito da Liga, mas assim não vai dar.

deixado em 24/9/12 às 01:44
responder a comentário

Roberto
Boas!

O jogo foi de uma grande injustiça para nós. Criamos oportunidades suficientes para garantir a vitória,desde bem cedo. Um misto de azar e aselhice fizeram com isso não acontecesse. Se uma das bolas entra, era jogo para goleada. Mas infelizmente não se vive de "ses" e sim da realidade. Bruno César foi de uma inutilidade gritante.Não consigo perceber onde está a qualidade,mas se calhar sou só eu. De resto, a excepção do Sálvio, a equipa foi toda muito igual. Equilibrada mas previsível e lenta. Ninguém se destacou. Só mesmo Nolito, que trouxe velocidade e Lima, pelo golão que nos salvou da derrota.
Agora o factor X:
Bem cedo se percebeu ao que vinha. Quando a Académica subiu pela 1ªvez e criou perigo, foi num lace de fora de jogo escandaloso. Percebi de imediato o que se iria passar. Estávamos tramados! Á primeira hipótese seria penalti ou expulsão, e assim aconteceu...
Estamos a esticar a passadeira e eles a passar. Espero em Paços uma reacção forte da equipa.Um resultado que não seja a vitória será o entregar do ouro ao bandido.Literalmente...

Roberto

deixado em 24/9/12 às 10:17
responder a comentário

zeparafuso
O BENFICA, tem realmente sido prejudicado por arbitragens, como a de ontem! Mas também por inépsia dos seus avançados. Ontem não foi só a falta de sorte, foi também um treinador que se perdeu na sua arrogância e vaidade! Este treinador ficou deslumbrado por treinar uma equipa como o BENFICA! treinar um dos melhores clubes do MUNDO (o melhor, pata mim) não é para todos. Realmente este treinador não serve os nossos interesses Benfiquistas! Dizia o "velho Capitão" que quem treinasse o BENFICA se arriscava a ser campeão. Hoje, o BENFICA tem que estar preparado para ganhar contra todas as adversidades, sejam elas "xistras", apitos amarelos, azuis ou verdes.
Saudações Benfiquistas!

deixado em 24/9/12 às 15:49
responder a comentário

Rafael Ortega
Ainda o jogo não tinha começado e já sabia que o Benfica não ia ganhar. Bastou ouvir o nome do árbitro.

Honestamente, quando até os comentadores da rádio dizem que o 1º penalti é inventado, é porque o roubo é à descarada (é impressionante a quantidade de lagartos na rádio).

Até nos podeos dar por satisfeitos. Se o jogo tivesse mais 10 minutos a Académica ainda entrava na área outra vez e era o 3º penalti inventado.

deixado em 24/9/12 às 16:03
responder a comentário

Comentar post

Os Gloriosos
Últ. comentários
Comigo foi aqui mais pertinho! Estavamos em Agosto...
Comigo, foi em Los Angeles. Pergunta habitual do m...
Há 28 anos, estava eu no metro em Budapeste quando...
Sou sócio do Benfica e o Benfica é a minha associa...
A fase "Rui Vitória" há-de ter melhores dias. Já t...
BLOGCOUNTER
Pesquisar
 
Posts recentes

Muy grandioso

Futebol dos anos 80

Jogos que não se esquecem

1988: Benfica a preto-e-b...

Inferioridade numérica

Arquivo

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Outubro 2008

Ligações
Mais comentados
20 comentários
19 comentários
16 comentários
16 comentários
Tags

a noite do oscar(1)

a um quinto do preço a que foi vendido o(1)

acidente(1)

adeptos(1)

aimar(3)

aimar; ópera; mozart; flauta mágica;(1)

alá é grande(1)

álvaro(1)

andrades(3)

andré almeida(1)

andré gomes(5)

aniversário(1)

anti-adepto(1)

antifa(1)

arbitragem(6)

assim se vê a grandeza do slb(1)

atletismo(2)

barcelona(1)

basquetebol(1)

benfica(56)

benfica tv(1)

benfica-porto(3)

benficácia(1)

bento(3)

bernardo silva(1)

biografia(1)

bloqueio(1)

bruno alves(1)

cada religião tem a sua catedral(19)

calimero(4)

campeão(2)

capdevila(2)

cardozo(7)

carlos manuel(2)

carrega(1)

carrega benfica(3)

carrega benfica; nós só queremos benfica(1)

carregabenfica(5)

chalana(2)

chalana e aimar(1)

chama imensa(1)

champions league(1)

chapa 4(1)

chorem menos(1)

classe(1)

clássico(1)

classico(1)

clube satélite(1)

confiança(1)

contratações(15)

corram mais(1)

corrupção(1)

cortez(1)

crime organizado(1)

cultura benfiquista(1)

d. eusébio(1)

djaló(2)

eleições(4)

eusébio(2)

fcporto(3)

fruta(6)

fruta e café com leite(5)

funes mori(2)

futebol(2)

futsal(7)

gaitan(5)

garay(2)

glorioso(9)

hóquei em patins(2)

ivan cavaleiro(3)

jj(7)

jorge jesus(23)

josé veiga(2)

lfv(6)

liga(6)

liga dos campeões(14)

luís filipe vieira(9)

luisão(2)

matic(3)

melgarejo(2)

mercado de transferências(3)

modalidades(3)

nelson oliveira(15)

olivedesportos(3)

pedro proença(3)

plantel(2)

portugal(2)

povo(2)

proença(3)

rangel(2)

razões para ser do benfica(5)

rodrigo(6)

rui costa(4)

selecção(2)

somos grandes(3)

sporting(10)

ucl(2)

ultras(4)

vai-te embora que não deixas saudades(5)

yannick djaló(2)

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever feeds