Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2013
Tudo empatado
por Filipe Boto Machado, Seg 14/Jan/13

Empate a 2 golos, jogo emotivo, intenso e competitivo. Podíamos ter ganho, dificilmente podíamos ter perdido. No entanto, não fiquei seguro quanto ao nosso futuro no campeonato. Esta história de tentar ganhar um jogo sem ganhar o meio-campo continua a fazer-me imensa confusão. O Benfica só consegue estar por cima num jogo se o dominar. É bom para o espectáculo, mas é péssimo para o coração dos adeptos. Nunca o consegue controlar. Ataca de forma ansiosa, desorganizada, sempre como se cada jogada fosse a última do jogo. A atitude é muito parecida independentemente do resultado e do adversário. A ideia de jogo passa por atacar o adversário com tudo o que tem, principalmente pelas alas. Quando não consegue sair a jogar pelos centrais e laterais, fica sujeito ao pontapé longo, pois não tem quem troque a bola no centro do campo. É verdade que é possível criar mais perigo pelas alas, mas é impossível controlar um jogo nessa zona do terreno. A entrada de Aimar (completamente em baixo de forma) e Carlos Martins tirou-nos poder ofensivo, mas finalmente sentimo-nos mais seguros. Era evidente que Matic e Enzo contra Lucho, Moutinho, Fernando e Defour era pouco. JJ demorou uma hora a perceber isso mesmo. Gaitan jogou todo o tempo sem ninguém para defender na esquerda (Defour vinha para o meio), mas mesmo assim nunca foi visto a reforçar a luta a meio-campo. Enfim, mostrámos coragem, poder ofensivo e capacidade técnica muito superior ao adversário, mas decidimos entregar o meio-campo aos andrades, opção vista e revista esta época sempre que o jogo é contra um adversário mais forte. Espero que, de uma vez por todas, JJ perceba que deve adaptar a equipa nestes jogos. Na maioria dos jogos em Portugal, o 4-2-4 funciona, dois no meio-campo chegam e sobram, permitindo-nos ter mais força ofensiva, mas em certos jogos devemos procurar ter mais segurança, pois assim não há coração que aguente.

O árbitro? Quando ouvi as críticas de Vitor Pereira julguei que estava a ouvir mal. Durante o jogo todo, Lucho, Defour e Moutinho deram pancada em tudo o que mexia, Mangala e Fernando também não podiam ter escapado sem amarelos ainda na primeira parte, vários jogadores do Porto atiraram a bola para longe quando jogo estava interrompido (no ano passado Emerson foi expulso com um primeiro amarelo deste estilo) e até Lucho e Helton trocaram um abraço antes do primeiro ser substituído. Perante isto, criticar o trabalho do árbitro nos lances que lhes favoreciam e esquecer aqueles em que nos prejudicou só podia vir daquele clube. O mensageiro é que foi diferente do costume. Tentou fazer a figura de bruto e acabou a fazer figura triste.

gloriosamente escrito por Filipe Boto Machado
link do post | chutar para golo
2 comentários:
"Na maioria dos jogos em Portugal, o 4-2-4 funciona, dois no meio-campo chegam e sobram, permitindo-nos ter mais força ofensiva, mas em certos jogos devemos procurar ter mais segurança, pois assim não há coração que aguente."

Caro Filipe,
este é o dilema do Jesus. Jogar com dois avançados é a melhor opção na maioria dos jogos, de facto, e, diz o bom senso e a experiência, que é um risco muito grande nos jogos mais complicados. Acontece que alterar o sistema nos jogos mais importantes obriga a equipa a, como agora se diz, mudar o chip e disputar esses jogos decisivos num sistema a que não está habituada.

Abraço

deixado em 14/1/13 às 15:04
responder a comentário

Rafael Ortega
O Porto atacou (sem nenhumas consequências, porque são cepos) até o Benfica ter igualdade numérica no meio campo. A partir daí, mesmo com Aimar e Martins em baixo de forma, nunca mais conseguiram fazer fosse o que fosse.

Isto leva-me a crer que se o Jorge Jesus não fosse palerma, tivesse posto desde o início André Almeida, Matic e André Gomes (ou qualquer outra combinação de 3 médios, mas gosto mais desta), abdicando de um dos avançados, o Benfica teria ganho o jogo sem problemas.

deixado em 14/1/13 às 15:09
responder a comentário

Comentar post

Os Gloriosos
Últ. comentários
Comigo foi aqui mais pertinho! Estavamos em Agosto...
Comigo, foi em Los Angeles. Pergunta habitual do m...
Há 28 anos, estava eu no metro em Budapeste quando...
Sou sócio do Benfica e o Benfica é a minha associa...
A fase "Rui Vitória" há-de ter melhores dias. Já t...
BLOGCOUNTER
Pesquisar
 
Posts recentes

Muy grandioso

Futebol dos anos 80

Jogos que não se esquecem

1988: Benfica a preto-e-b...

Inferioridade numérica

Arquivo

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Outubro 2008

Ligações
Mais comentados
20 comentários
19 comentários
16 comentários
16 comentários
Tags

a noite do oscar(1)

a um quinto do preço a que foi vendido o(1)

acidente(1)

adeptos(1)

aimar(3)

aimar; ópera; mozart; flauta mágica;(1)

alá é grande(1)

álvaro(1)

andrades(3)

andré almeida(1)

andré gomes(5)

aniversário(1)

anti-adepto(1)

antifa(1)

arbitragem(6)

assim se vê a grandeza do slb(1)

atletismo(2)

barcelona(1)

basquetebol(1)

benfica(56)

benfica tv(1)

benfica-porto(3)

benficácia(1)

bento(3)

bernardo silva(1)

biografia(1)

bloqueio(1)

bruno alves(1)

cada religião tem a sua catedral(19)

calimero(4)

campeão(2)

capdevila(2)

cardozo(7)

carlos manuel(2)

carrega(1)

carrega benfica(3)

carrega benfica; nós só queremos benfica(1)

carregabenfica(5)

chalana(2)

chalana e aimar(1)

chama imensa(1)

champions league(1)

chapa 4(1)

chorem menos(1)

classe(1)

clássico(1)

classico(1)

clube satélite(1)

confiança(1)

contratações(15)

corram mais(1)

corrupção(1)

cortez(1)

crime organizado(1)

cultura benfiquista(1)

d. eusébio(1)

djaló(2)

eleições(4)

eusébio(2)

fcporto(3)

fruta(6)

fruta e café com leite(5)

funes mori(2)

futebol(2)

futsal(7)

gaitan(5)

garay(2)

glorioso(9)

hóquei em patins(2)

ivan cavaleiro(3)

jj(7)

jorge jesus(23)

josé veiga(2)

lfv(6)

liga(6)

liga dos campeões(14)

luís filipe vieira(9)

luisão(2)

matic(3)

melgarejo(2)

mercado de transferências(3)

modalidades(3)

nelson oliveira(15)

olivedesportos(3)

pedro proença(3)

plantel(2)

portugal(2)

povo(2)

proença(3)

rangel(2)

razões para ser do benfica(5)

rodrigo(6)

rui costa(4)

selecção(2)

somos grandes(3)

sporting(10)

ucl(2)

ultras(4)

vai-te embora que não deixas saudades(5)

yannick djaló(2)

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever feeds