Terça-feira, 30 de Outubro de 2012
Gloriosa
por João Santana Lopes, Ter 30/Out/12

Rita Martins. Puro espectáculo.

 

gloriosamente escrito por João Santana Lopes
link do post | chutar para golo
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2012
"Não me iludo. Para aqui ainda vai dando..."
por Filipe Boto Machado, Seg 29/Out/12

Foi com estas palavras que JJ falou de Luisinho, depois do lateral esquerdo ter feito uma boa exibição na estreia no campeonato pelo Benfica. Luisinho até pode não ser grande jogador e não ter qualidade para jogar ao mais alto nível na Champions, como aparentemente é opinião de JJ, mas haverá necessidade do seu treinador tornar pública esta opinião? É jogador do Benfica, chegou este ano, foi escolhido por Jorge Jesus, fez o primeiro jogo como titular no campeonato, não comprometeu e até marcou um golo. Porque motivo diminuir aquilo que o jogador tinha acabado de conseguir de positivo? Porque deitar fora o que se havia conquistado em 90 minutos com este jogador? Não chega para a Champions? De acordo. Jorge Jesus também não. Aí estamos de acordo, estou como JJ, eu também não me iludo...

No entanto, não ficaram por aqui as tiradas magníficas de Jorge Jesus no sábado. Na conferência de imprensa, referiu que "seja português ou chinês, se um jogador se destacar em Portugal, marcha". Alguém diga a este homem que tem que ter cuidado com o que diz. Maxi, Luisão e Cardozo já cá estão há uns, não saíram e, provavelmente, nunca vão sair para um endinheirado clube europeu. Podem estes jogadores concluir, por aquilo que JJ disse, que não são bons ou nunca se destacaram? Mesmo sendo verdade que nunca foram suficientemente bons para sair do Benfica, haverá necessidade de ferir o orgulho destes jogadores desta forma? São activos do Benfica, do melhor que temos e precisamos deles.

Devia ser proibido o Benfica ganhar por mais do que 2-0. O homem quando se apanha com um resultado favorável de três/quatro golos perde logo a cabeça. Fujam da frente que aí vem ele todo inchado. No final de um jogo que ganhou bem, JJ começou a perder os seguintes. Não havia necessidade...

gloriosamente escrito por Filipe Boto Machado
link do post | chutar para golo | ver comentários (2)
Quinta-feira, 25 de Outubro de 2012
Filme repetido
por Nuno Gouveia, Qui 25/Out/12

O mesmo Presidente que em 10 anos ganhou dois títulos nacionais vem agora prometer três títulos e uma final europeia em quatro anos. Continua a fazer anúncios vazios e sem sentido algum, depois de ter falhado em tudo o que prometeu no passado. Será que alguém ainda acredita no que este senhor promete?

gloriosamente escrito por Nuno Gouveia
link do post | chutar para golo | ver comentários (2)
Ruptura com Olivedesportos
por Filipe Boto Machado, Qui 25/Out/12

A dois dias das eleições, LVF aparece numa entrevista ao jornal da noite da SIC para dizer que a ligação com a Olivedesportos vai terminar e os jogos do Benfica vão passar para a Benfica TV. A decisão, segundo ele, está tomada desde Julho, pelo que LFV podia ter comunicado esta decisão aos sócios durante os últimos 3/4 meses ou em alternativa, não o tendo feito por um qualquer motivo válido, deveria fazê-lo depois das eleições. No entanto, o actual presidente o Sport Lisboa e Benfica saca deste trunfo na antevéspera das eleições.

Como já tinha escrito em post anterior, a campanha do Benfica tem vindo a pautar-se por uma discussão desinteressante, inútil, populista e com muitos sinais preocupantes. No entanto, esta cartada, pelo aproveitamento descarado que revela no timing da sua divulgação, para mim, foi uma enorme falta de ética. Não está obviamente aqui em causa a ruptura com a Olivedesportos. Na minha opinião, esse passo deve ser dado assim que possível. O timing da divulgação desta novidade é que não consigo engolir. Quer convencer-me a dar-lhe os meus votos desta forma? Nem pensar. Se estava insatisfeito com as duas listas, mas estava inclinado em votar na solução mais credível e segura que seria continuar com LFV, depois desta jogada, caro LFV, com o meu voto não conta porque recuso-me a pactuar com este tipo de atitudes oportunistas em que se tomam os outros por parvos. Continuarei a apoiar o meu Benfica, ganhe quem ganhar estas eleições, mas certamente não vou votar em qualquer uma das listas, pois estas são lideradas por dois tipos que em cada aparição nas últimas semanas me fizeram crescer um enorme desconforto quando ao rumo que o Benfica pode ter no futuro próximo.

 

PS1: A comparação que LFV fez de Rangel com Vale e Azevedo foi de uma enorme falta de nível para quem é presidente do Sport Lisboa e Benfica. Basta destas declarações sem sentido.

 

PS2: Desconfio que os nossos jogos vão continuar com a Olivedesportos. Daqui a um tempo poderá haver um "inesperado" volte-face.

gloriosamente escrito por Filipe Boto Machado
link do post | chutar para golo | ver comentários (2)
Péssima ideia
por Lourenço Cordeiro, Qui 25/Out/12

Luís Filipe Vieira pretende centralizar direitos televisivos na Benfica TV

 

Seremos então obrigados a ver o jogos narrados directamente da tasca, como acontece hoje?

gloriosamente escrito por Lourenço Cordeiro
link do post | chutar para golo | ver comentários (2)
Pois tínhamos
por Lourenço Cordeiro, Qui 25/Out/12

«Temos de ganhar três campeonatos e chegar a uma final europeia em quatro anos»

 

Luís Filipe Vieira

gloriosamente escrito por Lourenço Cordeiro
link do post | chutar para golo
Quarta-feira, 24 de Outubro de 2012
Sempre que o nível sobe o Benfica tropeça
por Filipe Boto Machado, Qua 24/Out/12

Foi assim ontem. Já tinha sido assim com o Braga para o campeonato, o Barcelona e o Celtic para a Champions. Vê-se bem que assim não vamos lá. Quando o nível sobe, não basta atacar bem e em quantidade. É preciso mais que isso. As fragilidades são evidentes. Jardel? Matic como número 6? Enzo como número 8? Parece que estamos assim porque não tínhamos condições para estar de outro modo, mas gastámos mais de 25M€ neste defeso e só contratámos avançados e extremos (Salvio, Ola John e Lima). Venham agora os defensores do catedrático dizer que o pessoal se precipitou em referir que tínhamos extremos a mais, meio-campo a menos e nenhum lateral esquerdo. O Benfica pratica neste momento o futebol que praticava há dois anos. No mínimo cinco jogadores atacam e no máximo cinco jogadores defendem. Não há meio-campo para pressionar, recuperar a bola e construir jogo de forma pensada. Não há jogadores para isso e parece que o treinador está confortável com o modelo de jogo. Na Champions, como se esperava, as coisas não estão a correr bem porque ninguém joga assim nesta competição, pelo menos fora de casa. Ainda podemos passar? Sim, precisamos ganhar os dois jogos em casa e esperar que o Barcelona vença em Glasgow e Moscovo, mas isso não apaga o desempenho sofrível no jogo de ontem nem nos anteriores.

Paga o Benfica a JJ um dos 20 maiores salários pagos no Mundo a um treinador de futebol e ele tem o desplante de ir jogar uma partida decisiva fora sem meio-campo. Não pressionamos e só construímos pelas alas. Parece o tipo do café a treinar o Benfica: "vamos todos para a frente que isto há-de correr bem porque quero é ver o Benfica a golear". Já tinha visto isto há dois anos com o Lyon e Schalke. Na época passada mudou um pouco a aborgagem, mas aparentemente foi apenas temporário. Voltámos a este modelo de jogo estranho. Apenas metade da equipa defende, perdemos o meio-campo sempre que o adversário colocar três jogadores no meio e pressiona o Benfica na saída de bola. No entanto, ele acredita que tudo há-de correr bem.

A defesa titular de ontem custou 12M€ (Maxi 4M€, Garay 6M€, Jardel 1M€ e Melgarejo 1M€), o meio campo requereu um investimento de 30M€ (Salvio 13M€, Enzo 5,5M€, Matic 5M€ e Bruno César 6M€) e o ataque custou outros 10M€ (Rodrigo 6M€ e Lima 4M€). Do banco vieram mais 28M€ (Gaitan 8,4M€, Cardozo 11M€ e Ola John 9M€). 80M€ não chega para fazer uma equipa que faça melhor figura na Liga dos Campeões? 80M€ não chegam para ter um onze equilibrado em campo? Muitos outros treinadores que estiveram no Benfica no passado gostariam de ter tido semelhante investimento na equipa de futebol, mas tinham que se contentar com muito menos. Dá-se nozes a quem não tem dentes...

gloriosamente escrito por Filipe Boto Machado
link do post | chutar para golo | ver comentários (5)
Tirar o chapéu
por Lourenço Cordeiro, Qua 24/Out/12

É sempre assim: vai-se lá buscar um gajo, e eles arranjam logo outro melhor, sabe-se lá vindo de onde, a um quinto do preço a que foi vendido o jogador original. O último episódio passou-se com Lima. Lima é um grande jogador - os golos que já leva esta época pelo Benfica mostram isso - mas tem 29 anos, isto é, já pisou a linha do seu potencial máximo. Vai daí, vende-se o Lima ao Benfica por quatro milhões e meio de euros e vai-se buscar o Ederzito à Académica a custo zero. Zero. Z-e-r-o. Nicles. De borla. 24 anos de jogador, a semanas de distância de ser o titular da selecção nacional. Há que tirar o chapéu a António Salvador. E ao Ederzito, que ontem inventou sozinho o segundo golo do Braga e os terrores nocturnos de Michael Carrick.


P.S.: Não vi o jogo do Benfica, mas pelo que percebi correu bem: vamos chegar a Dezembro já eliminados na Champions, um desejo que Jorge Jesus nunca conseguiu esconder. Agora não há desculpas para o campeonato.

gloriosamente escrito por Lourenço Cordeiro
link do post | chutar para golo

Dois ponta-de-lança e o Bruno César é capaz de resultar na Taça da Liga.

gloriosamente escrito por Henrique Raposo
link do post
Terça-feira, 23 de Outubro de 2012
Eleições no Sport Lisboa e Benfica
por Filipe Boto Machado, Ter 23/Out/12

A campanha para as eleições no Sport Lisboa e Benfica está a ser uma desilusão. Não se discute nada de jeito. O que falta em projectos e ideias sobra em movimentações de bastidores que cheiram muito mal e devem preocupar os benfiquistas. Acho que muitos benfiquistas terão dúvidas e diferentes opiniões, mas poucos discordarão que o Benfica merecia mais e melhor.

A campanha tem sido mais ou menos isto. De um lado a lista A, de Luís Filipe Vieira, acena com o bicho papão de um novo Vale e Azevedo, alertando os benfiquistas para o abismo em que cairá o clube se eles de lá saírem. Do outro lado a lista B, de Rui Rangel, apresenta um vazio de ideias, optando pelo caminho fácil de discutir o benfiquismo de Vieira, a falta de jogadores portugueses e uma conversa superficial sobre a situação financeira do Benfica, sem concretizar grande coisa. A lista B pede um debate, a lista A recusa-o. Claro que, na minha opinião, devia existir debate. No entanto, pelo que tenho tido oportunidade de conhecer, seria uma espécie de conversa de café, com argumentos populistas e discussões de benfiquismo ou falta dele.

Quanto às movimentações que cheiram muito mal, na lista A, José Eduardo Moniz aparece como aliado de Vieira, quando há três anos era opositor. Dizia-se há três anos que tinha interesse em entrar no Benfica devido aos direitos televisivos e à sua ligação com a Ongoing. Agora entra no Benfica e diz que está disponível para ajudar o Benfica naquilo que for necessário, nomeadamente onde tem mais experiência, i.e. "media e direitos televisivos". Não sei porquê mas desconfio desta movimentação. Na lista B, gravitam em redor de Rui Rangel os suspeitos do costume, aqueles que estão do lado de quem os levar até à estrutura do Benfica: José Augusto, António Veloso, Olavo Cunha, José Veiga, João Carvalho, Cunha Leal, entre outros. Porque motivo são sempre os mesmos a juntarem-se sob a liderança de diferentes cabeças de cartaz (nestas eleições é Rangel, nas anteriores era Moniz)? Estivesse LFV disponível para aceitá-los na estrutura e poderíamos vê-los no outro lado da barricada. Este facto não abona a favor destes senhores.

Gostava de ter assistido a outro tipo de campanha. Menos populismo, mais ideias e projectos. Quanto a LFV, podemos avaliar o que fez. Não fará nada de muito diferente. Vai ser mais do mesmo e o mesmo não tem sido bom. Recuperou a credibilidade do clube, mas é preciso dar o passo seguinte. Voltar a vencer e ocupar o lugar natural do SLB no futebol português. Este mandato, disse ele nas últimas eleições, era destinado ao sucesso desportivo. Caro LVF, um campeonato é pouco, o balanço não é positivo e não me parece que existam desculpas para este desempenho. Isto para não entrar em considerações sobre a estratégia que existe para o futebol que é desastrosa e levanta muitas suspeitas quanto aos verdadeiros interesses que existem em certas decisões e à competência de quem tem que decidir. No que diz respeito a Rui Rangel, até agora não me convenceu que seja melhor e não me parece, pelos motivos já citados, que tal fosse difícil. Em primeiro lugar, rodeou-se de pessoas que não me transmitem confiança. Ter na sua órbita José Veiga e falar de ausência de benfiquismo no actual quadro dirigente do Benfica é fazer pouco do verdadeiro benfiquista que o tenta escutar com atenção. Sim, José Veiga não está na lista de Rangel como vice, mas nunca me passou pela cabeça que estivesse. Se aparecer na estrutura será como director para o futebol, cargo para o qual ainda não conhecemos a escolha de Rui Rangel. Demarcar-se deste sujeito era das primeiras atitudes sensatas que o candidato da lista B devia ter tido. Em segundo lugar, tem optado pelo caminho fácil e populista. Ataca LFV, discute o benfiquismo de quem dirige o clube, fala de falta de portugueses e diz-se benfiquista dos 7 costados. Pouco, muito pouco, e não era difícil fazer melhor.

Em suma, queria uma mudança no Benfica para melhor. A alternativa a LFV não tem sequer tentado provar que poderia fazer melhor. Aposta que eu lhe vou dar o meu voto, simplesmente porque estou farto de quem dirige o clube actualmente. Assim não. Votarei LFV contrariado e não só tentarei acreditar que desta vez vai correr melhor, ele e JJ terão aprendido com erros do passado, como ficarei com a esperança que Moniz não vá para o Benfica com as (más) intenções que já foram publicamente reveladas há cerca de três anos. Votar no desconhecido só porque estou insatisfeito com a realidade que conheço e arriscar ver Veiga e demais abutres a dirigirem o Benfica é algo que não posso fazer. Quem sai a perder com tudo isto é o Benfica.

gloriosamente escrito por Filipe Boto Machado
link do post | chutar para golo | ver comentários (3)
Uma análise de classe das eleições do Benfica
por Tiago Mota Saraiva, Ter 23/Out/12

Ao contrário do que tem sido habitual, nestas eleições do Benfica não se tem ouvido nomes de galáticas contratações associadas a esta ou aquela candidatura. Por mais que isso possa irritar os meus amigos de direita, até ao momento, a discussão tem-se centrado em questões de carácter político definindo, desta forma, o espectro de classe dos associados a quem se dirigem.

Rui Rangel ameaça com um plano de austeridade para o Benfica, pretendendo replicar a receita de "crescimento" que Passos e Gaspar aplicam ao país. Ao invés, ainda que com algumas hesitações e contradições políticas, Luís Filipe Vieira anuncia a diminuição das quotas e dos bilhetes para os jogos.

Sendo o espectro de classe a que Vieira se dirige cada vez mais amplo entre os fiéis do Benfica, fica a dúvida se ainda haverá muitos com a sua situação regularizada junto do clube de modo a que possam exercer o direito de voto.

Caso não fosse um desses fiéis sem direito de voto, o meu voto não hesitaria em escolher Luís Filipe Vieira.

gloriosamente escrito por Tiago Mota Saraiva
link do post | chutar para golo
O benfiquista terminal
por Henrique Raposo, Ter 23/Out/12

 

Além de ter revelado um Kulkov levezinho, o menino André Gomes, o jogo com o Freamunde mostrou que a nação quer mesmo chegar ao Jamor. Ainda bem. O Jamor é o Jamor, e o meu benfiquismo precisa de Taça. Há uns anos, depois de ganhar o caneco, o nosso Preud'Homme disse qualquer coisa como isto: "não compreendo esta coisa portuguesa de desprezar a Taça em relação ao Campeonato, para mim são iguais". Confesso que, na altura, estive para beijar a carapinha do belga, porque é isso mesmo: ganhar a Taça é quase tão bom como ganhar o Campeonato. A alegria é a mesma, ou até superior, porque fica concentrada naquele shot final. O Campeonato é uma longa noite de imperais, que, às vezes, pode ser chata. A Taça é um bagaço: pode ser mau, mas nunca é chato.

Sim, o meu benfiquismo precisa de Taça, até porque foi tecido nas finais do Jamor. O meu primeiro jogo de sempre foi o Benfica/Sporting da final de 1987 . Dois grandes golos do Diamantino garantiram o caneco, naquela que foi a última dobradinha da nação. Isto quer dizer que ando a dar azar há vinte e tal anos, mas avancemos. 1987 foi apenas a primeira de uma longa série de finais da Taça (com ou sem Benfas): acordávamos cedo, levávamos o farnel e uma bola para a mata do Jamor, e depois lá íamos ver a final. A minha doença chamada benfiquite terminal foi desenvolvida ali, sardinha a sardinha, pimento a pimento, bifana a bifana, jogo no pelado após jogo no pelado. E até posso dizer que comecei a ir para o topo sul do Jamor antes de começar a visitar o Estádio da Luz. Uma heresia boa. 

Naquele topo, vi em 1993 a melhor equipa da nação desde os anos 60: Neno, Veloso, Mozer, William, Schwarz, Paulo Sousa, Vítor Paneira, Rui Costa, João Pinto, Futre, Rui Águas. Ganhámos por 5-2, e podiam ter sido 10-5 . Aquela época, 1992-1993, foi uma porcaria e acabou no célebre verão quente. Mas aquele jogo encheu-me de moral. Depois daquela vitória, o facto de termos perdido o Campeonato em Aveiro por causa de um brasileiro fininho chamado Dino já não importava. O Jamor redime tudo, salva mesmo uma época, e dá moral para atravessar o maldito verão. E, atenção, o Jamor também inverte tudo. Aliás, posso dizer, com todo o rigor científico, que uma equipa campeã deixa de o ser quando perde a final do Jamor (foi o que aconteceu à nação em 2005). O Jamor tem macumba. E, pronto, só queria dizer que gostava muito de ver o menino André Gomes na final daqui a uns meses.

Crónica de hoje do Expresso online
gloriosamente escrito por Henrique Raposo
link do post
Terça-feira, 16 de Outubro de 2012
Ainda bem que Rui Rangel é candidato
por Nuno Gouveia, Ter 16/Out/12

A entrada de Rui Rangel na corrida à liderança do Benfica são boas notícias, mesmo para aqueles que apoiam Luís Filipe Vieira. Um clube como o nosso não pode unanimista nem de falsos consensos. Mais tarde darei a minha opinião sobre as candidaturas. Agora venha o debate e que ganhe o melhor projecto para o Benfica.

gloriosamente escrito por Nuno Gouveia
link do post | chutar para golo | ver comentários (2)
Domingo, 7 de Outubro de 2012
Desilusão
por Nuno Gouveia, Dom 07/Out/12

Uma coisa é criticarmos a equipa em casa, no meio de amigos ou até em blogues. Outra bem diferente é estar no estádio, o jogo a correr mal, e contribuir para o nervosismo da equipa. Esta última não é aceitável, e espera-se dos adeptos no estádio um comportamento diferente. Se queremos ser campeões, a nossa função enquanto adeptos nos estádios, seja em casa ou fora, é estar ao lado da equipa a apoiá-la. 

 

O jogo de ontem foi uma enorme desilusão. Infelizmente, e isso não é novidade, os jogos após as competições europeias costumam ser penosos. Ontem, mesmo perante um Beira Mar que deve ser das piores equipas do campeonato, o golo sofrido logo no inicio condicionou o jogo, e fizemos, talvez, a pior exibição da época. Se pretendemos ser campeões, não poderemos fazer muito mais jogos deste calibre. Se tivéssemos pela frente uma equipa competente, ontem poderíamos facilmente ter tropeçado. Um aviso à equipa. 

 

Artur, depois de clamar por uma oportunidade na selecção brasileira, cometeu uma fífia gigantesca, que lhe devia ensinar uma lição: fale menos do Brasil e dos adeptos dos nossos rivais e concentre-se mais nos jogos. Não foi a falar que Artur conquistou o respeito e admiração de todos os benfiquistas. Maxi Pereira, que até estava a ter um inicio de época penoso, ontem marcou um grande golo e mostrou aos avançados como se faz. Rodrigo falhou um penálti (eu teria apostado em Lima, que no ano passado cumpriu e bem essa função no Braga), mas nunca desistiu e passou os minutos que esteve em campo a tentar marcar. Felizmente conseguiu. Uma nota para dois ausentes. Aimar, estando em condições, tem de jogar sempre. Depois queixem-se. Cardozo faz falta e espero que regresse rapidamente à equipa. 

gloriosamente escrito por Nuno Gouveia
link do post | chutar para golo | ver comentários (4)
Sábado, 6 de Outubro de 2012
Ganhar
por Nuno Gouveia, Sab 06/Out/12

Parece que amanhã haverá um encontro entre dois clubes amigos, e que para a festa ser completa, até será apitado por um conhecido adepto e antigo membro da claque de um deles. O Presidente do clube mais fraquinho, que está em dificuldades por já ir para o quarto treinador em duas épocas, até elogiou o rival nas vésperas do jogo. Mas não é esse jogo que me preocupa, nem sequer as desgraças do clube que foi humilhado pelo fortíssimo 5º classificado do poderoso campeonato húngaro. Hoje à noite jogamos com o Beira Mar. Depois do "banho" de bola que levamos na terça-feira (e infelizmente nada podíamos fazer para o evitar), é preciso que hoje a equipa entre em campo decidida a dar um bom espectáculo de futebol, ganhar com facilidade, e, se possível, com muitos golos. Visto que o campeonato só regressa no fim de semana de 25 de Outubro (uma aberração do futebol português), seria importante passar este mês na liderança do campeonato. E como sabemos que o mais provável é que o nosso rival alcance amanhã uma goleada "gorda", o melhor é mesmo marcar muitos golos. 

 

Equipa para logo? Pelo que tenho lido, há várias dúvidas no plantel. Contando que estes poderão ir a jogo, esta seria a minha equipa: Artur, Maxi Pereira, Miguel Vitor, Garay, Melgarejo, Matic, Enzo Perez, Aimar, Sálvio, Rodrigo, Lima. 

Tags:
gloriosamente escrito por Nuno Gouveia
link do post | chutar para golo
Os Gloriosos
Últ. comentários
Comigo foi aqui mais pertinho! Estavamos em Agosto...
Comigo, foi em Los Angeles. Pergunta habitual do m...
Há 28 anos, estava eu no metro em Budapeste quando...
Sou sócio do Benfica e o Benfica é a minha associa...
A fase "Rui Vitória" há-de ter melhores dias. Já t...
BLOGCOUNTER
Pesquisar
 
Posts recentes

Muy grandioso

Futebol dos anos 80

Jogos que não se esquecem

1988: Benfica a preto-e-b...

Inferioridade numérica

Arquivo

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Outubro 2008

Ligações
Mais comentados
20 comentários
19 comentários
16 comentários
16 comentários
Tags

a noite do oscar(1)

a um quinto do preço a que foi vendido o(1)

acidente(1)

adeptos(1)

aimar(3)

aimar; ópera; mozart; flauta mágica;(1)

alá é grande(1)

álvaro(1)

andrades(3)

andré almeida(1)

andré gomes(5)

aniversário(1)

anti-adepto(1)

antifa(1)

arbitragem(6)

assim se vê a grandeza do slb(1)

atletismo(2)

barcelona(1)

basquetebol(1)

benfica(56)

benfica tv(1)

benfica-porto(3)

benficácia(1)

bento(3)

bernardo silva(1)

biografia(1)

bloqueio(1)

bruno alves(1)

cada religião tem a sua catedral(19)

calimero(4)

campeão(2)

capdevila(2)

cardozo(7)

carlos manuel(2)

carrega(1)

carrega benfica(3)

carrega benfica; nós só queremos benfica(1)

carregabenfica(5)

chalana(2)

chalana e aimar(1)

chama imensa(1)

champions league(1)

chapa 4(1)

chorem menos(1)

classe(1)

clássico(1)

classico(1)

clube satélite(1)

confiança(1)

contratações(15)

corram mais(1)

corrupção(1)

cortez(1)

crime organizado(1)

cultura benfiquista(1)

d. eusébio(1)

djaló(2)

eleições(4)

eusébio(2)

fcporto(3)

fruta(6)

fruta e café com leite(5)

funes mori(2)

futebol(2)

futsal(7)

gaitan(5)

garay(2)

glorioso(9)

hóquei em patins(2)

ivan cavaleiro(3)

jj(7)

jorge jesus(23)

josé veiga(2)

lfv(6)

liga(6)

liga dos campeões(14)

luís filipe vieira(9)

luisão(2)

matic(3)

melgarejo(2)

mercado de transferências(3)

modalidades(3)

nelson oliveira(15)

olivedesportos(3)

pedro proença(3)

plantel(2)

portugal(2)

povo(2)

proença(3)

rangel(2)

razões para ser do benfica(5)

rodrigo(6)

rui costa(4)

selecção(2)

somos grandes(3)

sporting(10)

ucl(2)

ultras(4)

vai-te embora que não deixas saudades(5)

yannick djaló(2)

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever feeds