Terça-feira, 10 de Abril de 2012
Fazendo o Balanço
por José Melo e Sá, Ter 10/Abr/12

Boa noite, previamente queria pedir desculpa por não escrever no blogue com muita frequência, apesar de ser um seguidor do mesmo. Dado aos acontecimentos recentes, sinto a necessidade de dizer o que me vai na alma sobre o nosso clube, o Benfica.

Quando aqui escrevi pela última vez, o Benfica liderava confortavelmente o campeonato com 5 pontos de avanço para o segundo classificado. Hoje, não poderia ser mais diferente: acabamos de entregar de bandeja o título ao nosso grande rival, o único que consegue competir connosco (mesmo usando métodos pouco convencionais). 

O que se passou então de um momento para o outro? De quem é a culpa? O que tem de mudar?

A estas perguntas, cada um tem a sua opinião: o treinador, o futebol português, os árbitros e a corrupção instalada a norte, etc. Do meu ponto de vista a grande mudança a ocorrer no nosso clube tem de acontecer no topo. Isso mesmo, o presidente Luis Filipe Vieira. Sendo grato por todo o excelente trabalho que fez ao renascer o Benfica, acredito que Vieira não reune condições para continuar a presidir o nosso clube. Financeiramente, o clube vai sobrevivendo com a venda de jogadores mas o passivo tem aumentado ano após ano e isso é algo que , mais tarde ou mais cedo, iremos pagar. Desportivamente, não vale apena comentar: 2 campeonatos e umas 5 taças em 10 anos é manifestamente pouco para um clube com a nossa dimensão. Depois, o dinheiro (mal) investido em jogadores que até um cego vê que não tem qualidade para jogar com o manto sagrado e por fim o número absurdo de treinadores que por cá ja passaram. Mau demais. É necessário sangue novo. Alguém que faça ver ao treinador e à equipa que no Benfica só há um resultado possível: ganhar. Alguém que faça o clube ganhar campeonatos consecutivamente e não de 5 em 5! A exigência está baixa, e vamo-nos habituando a vê-los festejar consecutivamente. Meus senhores: O PORTO NOS ÚLTIMOS 10 ANOS TEM MAIS TÍTULOS EUROPEUS QUE NÓS NACIONAIS!!

Preocupa-me o facto de não haver um benfiquista a quem se reconheça capacidade para disputar umas eleições com o Vieira e, ou muito me engano, este vai continuar por lá. Quem também me parece que vai continuar por lá é Jorge Jesus. O treinador que nos deu o último título e nos pôs a jogar muito bem futebol está com uma margem de manobra cada vez menor. Mas quem poderia substitui-lo? Na minha opinião teria de ser um treinador experiente, estilo Trapatoni. À cabeça vêm me nomes como Van Gaal, Lipi, Eriksson, sendo que este já conheçe os cantos à casa. Noutro tipo de treinador, vejo Paulo Bento como uma possível opção mas com alguma resistência: os conflictos com jogadores são uma constante na sua carreira.

Por fim, tenho de falar de algo que todos nós estamos fartos de protestar: as arbitragens. Este ano ficará manchado por erros que nos prejudicaram e que, em parte nos fizeram estar onde estamos. O sistema está vivo, e mais forte que nunca. As nomeações não são feitas ao acaso e em determinados jogos-chave o Benfica é prejudicado: foi em Braga, na Luz contra o Porto e hoje em Alvalade. Pelo meio, jogos contra clubes menores que também tiveram os seus casos: académica, Olhanense (a expulsão e o consequente castigo a Aimar, é um jogada de génio de quem comanda o futebol em Portugal). Nunca jogamos só contra 11 e dessa forma torna-se dificil conquistar qualquer coisa que seja.

 

gloriosamente escrito por José Melo e Sá
link do post | chutar para golo | ver comentários (7)
Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012
Família Benfiquista
por José Melo e Sá, Seg 30/Jan/12

Inicio a minha contribuição neste blog por agradecer ao Zé o convite que me fez para aqui escrever. Depois, saudar todos os meus colegas que, confesso, muitos deles não conheço.

Não vou escrever sobre o que o Benfica significa para mim, porque isso não tem palavras. Cada um sente o Benfica à sua maneira e tem diferentes opiniões sobre a actualidade do mesmo mas o que nos diferencia dos restantes clubes é o espírito colectivo que envolve os adeptos. O sentimento que algo superior nos une faz desta massa adepta uma família e do clube a nossa religião. A forma como sofremos, como amamos e como vivemos o nosso clube faz com que pareça que nos conhecemos a todos quando nunca nos vimos na vida. Um exemplo disso são os momentos em que festejamos efusivamente um golo do Benfica com alguém que não conhecemos.

Com isto quero dizer que o Benfica somos nós e é por isso que este enorme clube nunca acabará!

Actualmente, vivemos uma altura positiva: estamos em primeiro com 5 pontos de avanço, com boas possibilidades de chegar aos quartos de final da Liga dos Campeões mas acima de tudo com bom futebol e uma estabilidade nunca antes vista. No entanto, não podemos relaxar: por sermos o maior clube, somos o alvo a abater. Sempre fomos, sempre seremos. Há que continuar com o trabalho feito até aqui e com uma grande capacidade de sofrimento. Só assim nos poderemos encontrar no Marquês, em Maio!

gloriosamente escrito por José Melo e Sá
link do post | chutar para golo | ver comentários (1)

Os Gloriosos
Últ. comentários
Comigo foi aqui mais pertinho! Estavamos em Agosto...
Comigo, foi em Los Angeles. Pergunta habitual do m...
Há 28 anos, estava eu no metro em Budapeste quando...
Sou sócio do Benfica e o Benfica é a minha associa...
A fase "Rui Vitória" há-de ter melhores dias. Já t...
BLOGCOUNTER
Pesquisar
 
Posts recentes

Muy grandioso

Futebol dos anos 80

Jogos que não se esquecem

1988: Benfica a preto-e-b...

Inferioridade numérica

Arquivo

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Outubro 2008

Ligações
Mais comentados
20 comentários
19 comentários
16 comentários
16 comentários
Tags

a noite do oscar(1)

a um quinto do preço a que foi vendido o(1)

acidente(1)

adeptos(1)

aimar(3)

aimar; ópera; mozart; flauta mágica;(1)

alá é grande(1)

álvaro(1)

andrades(3)

andré almeida(1)

andré gomes(5)

aniversário(1)

anti-adepto(1)

antifa(1)

arbitragem(6)

assim se vê a grandeza do slb(1)

atletismo(2)

barcelona(1)

basquetebol(1)

benfica(56)

benfica tv(1)

benfica-porto(3)

benficácia(1)

bento(3)

bernardo silva(1)

biografia(1)

bloqueio(1)

bruno alves(1)

cada religião tem a sua catedral(19)

calimero(4)

campeão(2)

capdevila(2)

cardozo(7)

carlos manuel(2)

carrega(1)

carrega benfica(3)

carrega benfica; nós só queremos benfica(1)

carregabenfica(5)

chalana(2)

chalana e aimar(1)

chama imensa(1)

champions league(1)

chapa 4(1)

chorem menos(1)

classe(1)

clássico(1)

classico(1)

clube satélite(1)

confiança(1)

contratações(15)

corram mais(1)

corrupção(1)

cortez(1)

crime organizado(1)

cultura benfiquista(1)

d. eusébio(1)

djaló(2)

eleições(4)

eusébio(2)

fcporto(3)

fruta(6)

fruta e café com leite(5)

funes mori(2)

futebol(2)

futsal(7)

gaitan(5)

garay(2)

glorioso(9)

hóquei em patins(2)

ivan cavaleiro(3)

jj(7)

jorge jesus(23)

josé veiga(2)

lfv(6)

liga(6)

liga dos campeões(14)

luís filipe vieira(9)

luisão(2)

matic(3)

melgarejo(2)

mercado de transferências(3)

modalidades(3)

nelson oliveira(15)

olivedesportos(3)

pedro proença(3)

plantel(2)

portugal(2)

povo(2)

proença(3)

rangel(2)

razões para ser do benfica(5)

rodrigo(6)

rui costa(4)

selecção(2)

somos grandes(3)

sporting(10)

ucl(2)

ultras(4)

vai-te embora que não deixas saudades(5)

yannick djaló(2)

todas as tags

blogs SAPO
Subscrever feeds