Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Catedral da Luz

Catedral da Luz

Quando é que isto terá fim?

26.05.13, Filipe Boto Machado

Depois de mais uma derrota, mais um título perdido, mais uma final em que fomos derrotados, mais um jogo decisivo mal abordado, mais uma desilusão, mais uma humilhação.. acho que a única resposta que LFV deve dar é renovar, não por dois, três ou quatro anos, mas sim por cinco ou seis anos. Depois de um campeonato perdido, quando tinha quatro pontos de avanço e três jornadas por disputar, e derrotado numa final da Liga Europa, LFV disse que a dúvida era se a renovação era por dois ou quatro anos. Perante mais esta humilhação a dúvida só pode ser entre cinco ou seis anos, certo?

Agora mais a sério, quando é que este pesadelo tem fim? Como se pode ponderar renovar com este sujeito que, pago a peso de ouro, com um plantel fantástico, soluções abundantes e apoio ímpar junto da massa adepta, é capaz de perder e humilhar-nos todos os anos? Quando se fecha este ciclo? Quando vão perceber que não existem mais condições? Não é por ele dizer que é bom que de facto o é. No primeiro ano ganhou o campeonato na última jornada ao Braga. Na segunda época humilhou-nos ao levar 5-0 no Ladrão, perdeu uma meia-final da Taça em casa quando tinha vantagem de dois golos, deu um título aos andrades na Luz e foi despachado pelo Braga na Liga Europa. No terceiro ano perdeu cinco pontos de avanço em três jornadas consecutivas. Na  quarta temporada fez um pleno de humilhações: perdeu um campeonato com quatro ponto de avanço, tendo entregado o título aos andrades no Dragão aos 92 minutos; perdeu a final da Liga Europa novamente aos 92 minutos; perdeu a final da Taça de Portugal com os putos do Guimarães quando tinha chegado à vantagem sem nada jogar para isso. Ainda não chega? Em quatro anos, oito jogos com os andrades para o campeonato, uma vitória (no primeiro destes jogos), dois empates e cinco derrotas! Quantos treinadores se mantiveram ao leme do Benfica depois de três campeonatos perdidos de forma consecutiva desde que a competição existe em Portugal? Nenhum!

Uma palavra de apoio para Cardozo. Suspeito que lhe esperam dias de intensas críticas. Afinal de contas, Cardozo ousou questionar o catedrático das derrotas. Para mim, ele representou aqueles que têm sido obrigados a assistir a este triste espectáculo, chamando à razão o único elo comum de todas as derrotas e humilhações do Benfica nos últimos anos. De resto já não foi o primeiro. No final da Liga Europa, exaltado com JJ, Enzo apontava para a zona do segundo poste onde surgiu o golo do Chelsea. Sinais que não deveriam ser ignorados.

Quanto ao jogo de hoje, muito simples: ganhou o melhor treinador e a equipa que mais quis vencer a Taça. E como diz o catedrático, "não há muito mais a dizer"...


PS: Quando cheguei a casa e vi as imagens de um miúdo, equipado à Benfica, a chorar "desalmadamente" no Jamor questionei a mim próprio o seguinte: quantos miúdos teremos perdido como adeptos nesta temporada? Isso vale quantos milhões em transferências?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.