Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Catedral da Luz

Catedral da Luz

A ressaca

26.02.12, Nuno Gouveia

A ressaca do resultado de Coimbra está a ser dura. Apesar de ter jogado mais do que suficiente para ganhar os três pontos, falhanços inacreditáveis (do jogadores e de Jesus) e a excelente exibição do guarda redes da Académica impediram que o Benfica saisse vencedor. Mas uma equipa que retira o Aimar do campo (e que estava a jogar bem) para meter o Djaló (quando Saviola continou no banco) não merece melhor sorte do que o empate. Jesus parece estar a entrar na espiral negativa que caracterizou o inicio da época passada, quando a bazófia ultrapassava o trabalho. Os campeonatos ganham-se nos 30 jogos e não em 2/3 dele.  Que estes dois jogos tenham servido de lição para Jesus, que parece que já andava a festejar o título ainda sem o ter conquistado. O Benfica estava a realizar uma excelente época até ao jogo de Guimarães, e até por isso acredito que iremos já na próxima sexta-feira provar que somos a melhor equipa do campeonato. Porque o somos de facto. E isto mesmo descontando o facto que temos um lateral esquerdo, de seu nome Emerson, que não teria lugar a titular em mais nenhuma equipa da primeira divisão. Isto enquanto um campeão do mundo continua no banco sem oportunidades para jogar. 

 

Nota negativa para o senhor do apito, que parecia estar imbuído pelo espírito da fruta. No entanto, é um erro fazer como os nossos adversários, e responsabilizar o senhor pelo empate. Se tivessemos marcado um golo nas imensas oportunidades que criámos, teriamos ganho mesmo a ser roubados. Como já tem acontecido noutras ocasiões.