Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Catedral da Luz

Catedral da Luz

Mais um jogo, mais dois (ou três) penáltis que ficam por marcar

11.03.12, Sérgio Lavos

Há qualquer coisa que me ultrapassa quando um treinador que acabou de perder o jogo por 2-1 e viu serem perdoados dois penáltis contra a sua equipa vem falar da arbitragem. Henrique Calisto anda nisto há muito tempo, mas mostrou que a estupidez nada tem a ver com a idade.

 

Quanto ao jogo, uma vitória que teria de ser obrigatória. O Benfica jogou mal na primeira parte, mas ainda assim teve mais posse de bola e um penalty indiscutível sobre Bruno César por marcar. Mais do mesmo. Bruno Esteves é um árbitro medíocre, daqueles que tem tanto medo de errar que acaba sempre por cometer vários erros. Os penalty não marcado sobre Bruno César é o melhor exemplo: mesmo que não tivesse sido falta, de que modo é que se pode considerar simulação por parte do jogador brasileiro? Só se ele não tivesse pernas é que teria conseguido desviar-se do corte a ceifar do defesa. Mau, muito mau, assim como o que não foi marcado sobre Nélson Oliveira. Falar em duplo critério, depois de mais um roubo às claras ao Benfica, só pode ser brincadeira. E lamento ter de falar uma vez mais de arbitragem, mas depois do empate sofrido do Porto, depois de sete minutos e trinta e quatro segundos de compensação mais um penalty por uma mão que corta a bola depois de um remate a meio metro de distância, e do esforço titânico de Bruno Esteves para que o Benfica perdesse pontos, como não falar do nojo em que este campeonato se está a tornar? Não querem que o Benfica seja campeão? Pelo menos que joguem decentemente, para que possamos dizer que perdemos, mas justamente. Este FC do Porto é uma anedota no que diz respeito a futebol, só consegue estar na frente porque tem sido carregado aos ombros pelos ilustres sicilianos do Norte. O resto é secundário. Que continuemos a ganhar, é o que espero, porque ter arbitragens justas é algo não irá acontecer esta temporada. 

 

Adenda: Chama um comentador a atenção para o penalty que ficou por marcar sobre o Jardel. A esse, dou o benefício da dúvida. Mas que é mais penalty esse do que o marcado ontem a favor do clube siciliano, aí já não duvido.

11 comentários

Comentar post