Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Catedral da Luz

Catedral da Luz

Incompreensível

23.03.12, Sérgio Lavos

 

Não há qualquer dúvida: o Benfica, como tinha acontecido em grande parte do jogo contra o Paços de Ferreira, jogou mal. Na primeira parte, 2 remates e nenhuma oportunidade clara de golo; na segunda, apenas duas oportunidades evidentes, ambas nos últimos dez minutos. Muito pouco para quem quer ser campeão - o Benfica limitou-se a jogar tão mal como tem jogado o FCP, e sendo assim talvez quem mereça ser campeão seja o Braga de Ruben Amorim e Nuno Gomes.

 

Emerson voltou a fazer um jogo miserável. Depois de uma segunda parte em que Capdevila meteu Hulk no bolso, no jogo da Taça da Liga, por que razão Jesus voltou a insistir em César Peixoto, versão 2.0? Incompreensível, e cada vez mais acho que, se o Benfica não for campeão esta época, JJ deve ir embora. 

 

Também inexplicável é a atitude de Aimar - o vermelho de João Capela é bem mostrado, e ainda estou para saber a razão da patada de Pablito. Passará pelo descontrolo emocional, que julgo partir do treinador?

 

É pena, muita pena, que o Benfica vá perdendo pontos e hipóteses de ser campeão por causa de caprichos do treinador e da falta de atitude em alguns jogos (ou, pelo menos, partes de jogos). O plantel é o melhor dos últimos três anos, a prospecção do clube tem feito um excelente trabalho, Jesus tem valorizado os jogadores, mas nos momentos chave a equipa tem mostrado um medo cénico que ninguém sabe muito bem de onde nasce.

 

Não vi as declarações no final do jogo, mas repito: a equipa de arbitragem esteve bem; o Benfica perdeu dois pontos porque não quis, em nenhum momento do jogo, ganhar. A fibra dos campeões não pode ser feita disto.

12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2